Um estudo de autópsias humanas em doentes (D) submetidos a angioplastia coronária (PCI) em contexto de Sindrome Coronário Agudo (SCA) e falecidos nos primeiros 30 dias, agora publicado no JACC, mostrou evidência de trombose de stent (TS) em 58% desta população. Foram identificados como factores preditores de TS a morfologia da placa, a quantidade de trombo, o prolapso de material necrótico, a colocação de stent em falso lumen e a má aposição de stent. 

 

Para aceder à totalidade dos conteúdos deverá registar-se / cadastrar-se ou efectuar login

Comentários (0)

There are no comments posted here yet

Deixe o seu comentário

  1. A comentar como Anónimo. Registe-se ou faça login à sua conta.
Anexos (0 / 3)
Share Your Location